Nova fase nos Núcleos de Moda em Barueri

Barueri (SP) – As aulas nos Núcleos de Moda foram retomadas na segunda-feira, 28 de agosto passado. Um evento no Centro de Aperfeiçoamento de Professores (CAP) marcou o início das atividades e foi prestigiado por secretários municipais, vereadores e pela deputada federal Bruna Furlan. Nos três Núcleos de Moda serão oferecidos três cursos para 200 participantes.

As aulas acontecem três vezes por semana nos períodos da manhã ou tarde.  Os cursos oferecidos são de Costureiro de Máquina Reta e Overloque para aqueles que estão começando no ramo da costura; Modelista de Roupas e Costura Modular, para quem já tem conhecimentos na área. Têm em média 160 horas.

Os Núcleos de Moda estão em funcionamento no Parque Imperial, Vale do Sol e na sede da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. A equipe técnica que gerenciará os Núcleos de Moda foi apresentada e ficará sob a coordenação de Elisangela Alves Santos Oliveira.

Foco na geração de renda
Andrea Duca, proprietária da Gregory, será a madrinha dos Núcleos de Moda. Ela visitou as estruturas e declarou estar muito feliz em fazer parte do projeto. Durante a aula inangural, Andrea explicou sobre moda, tendências, cores e apresentou as novas coleções da marca, que possui 85 lojas em 23 estados brasileiros.

A secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Adriana Bueno Molina, deu as boas-vindas aos alunos e agradeceu a toda equipe da Secretaria que participa com o Fundo Social Estrela Guia nesse projeto. “Os Núcleos de Moda são idealizados com o objetivo de ensinar as pessoas a fazerem moda. Prova disso é a participação da Andrea. Eu desejo que vocês prossigam nos cursos, nos vários módulos, pois vão abrir novas portas no mercado de trabalho”, concluiu.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade Estrela Guia, Sônia Furlan, relembrou a criação dos Núcleos de Moda. “Tínhamos cinco e para nós era motivo de orgulho ter o curso certificado pelo Senai. Essa parceria só não foi retomada ainda por questões técnicas, mas é meu desejo que isso aconteça novamente”.

Sônia também prestou contas dos trabalhos realizados neste ano como os cursos para as mães da Apae (Mães Cuidadoras), o funcionamento da Casa de Passagem (para moradores de rua) e a Campanha do Agasalho somente com roupas novas. “Quero que as pessoas mais carentes tenham mais acesso. Quero autonomia para as mulheres que cuidam de seus filhos. Queremos nossa cidade mais solidária, mais humana e menos fria. Nós podemos não conseguir fazer tudo, mas tudo que for possível fazer será bem feito”, finalizou.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s